Em Qual Idioma?

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Pesquisar...

.

25 fevereiro 2010

Charles Aznavour

.







 Toi Et Moi














.
Ler Todo o Artigo... ►

Arautos










"Ouve o silêncio
Busca tua rota
Deixa Sekhmet repousar
Amansa-a
Como se á ela
Não pertencestes mais...
Venda teus olhos
Para que a beleza  traiçoeira
Não te engane...
Não te orientes 
Pelo frescor que emana do oásis
Não encontrarás 
Sob as sombras das palmeiras
O descanso 

Da tua guerreira alma...
Segue
Avança pelo Deserto 
Que desafia-te à atravessá-lo...
Comunga
Com teu ancestral espírito
E aguça teus sentidos...
Maat cuida dos teus passos cegos
O Arauto de Thot  te foi enviado
Tua espada
É o caminho
Do teu coração..."




Khalit Sabanur


Ler Todo o Artigo... ►

Desejos da Alma Poeta




 





 O que desejar-te amigo, no dia de teu aniversário?


Desejar-te-ia a sabedoria de Salomão,
ou talvez as conquistas de Alexandre,
melhor quem sabe,
desejar-te a riqueza de um Sultão,
bom seria, teres o pacifismo de Gandhi...

Alguns desejar-te-ão 
o visionarismo de Júlio Verne,
outros tantos, a força de Hércules,
muitos outros, a longevidade de Maomé,
bom seria, teres a honradez de Saladino...

Há alguém que desejar-te-á,
a inteligência de Eistein,
desejar-te-ão também dias coloridos, 
como as flores de Van Ghog,
ou quem sabe o poder dos Césares,
bom seria, teres a harmonia espiritual do Dalai Lama...

Outros tantos, desejar-te-ão
A beleza de Apolo,
Outrossim, a irresitível sedução de Casanova
Um brinde será erguido desejando-te,  

a Dolce Vitta de Fellini
bom seria, teres a bravura de um Samurai...


Sempre haverá aquele,
que desejar-te-á, o conhecimento de Platão,
sem esqueçer, da paciência de Jó,
ou até mesmo, a irreverência de Diógenes,
bom seria, amar e ser amado como Romeu e Julieta.

Mas eu, com a simplicidade de uma alma poeta,
só posso desejar-te...
Vida longa...
Para que possas desfrutar intensamente,

O mais valioso de todos os bens...
O Amor!



Khalit Sabanur
Ler Todo o Artigo... ►

Vanessa Mae II

.







 Contradanza










.
Ler Todo o Artigo... ►

Beijo de Trova






 







"Ah!...

beijo assim é malvado, 

deixa vontade, 

gosto de saudade...
 
Quero beijo molhado, 

enroscado, 

beijo que enverga...
 
Beijo p'rá me quebrar na emenda,

beijo de cinema, 

beijo de mar contra rochedo...
 
Isso sim é beijo, 

beijo aguardado, 

beijo abusado...
 
Pode até ser safado, 

mas é beijo muito amado."



Khalit Sabanur
Ler Todo o Artigo... ►

Maksim Mrvica II

.







 Nostradamus












.
Ler Todo o Artigo... ►

Varandas do Coração

 



 





"Agora é orvalho
O que antes era embaço de neblina,
Oriundo de noite escura
Raios de paz emolduram a janela,
Uma Flor quase que jaz, de tão serena
Beleza guardada
Na imponência de ser tão singela.
Mão amada que se estende
Como que a tocá-la,
A Flor seduz a força
E o sono revela-se em calmaria.
Onde está a dor?
Fôra devorada pela Flor?
Ou navega sob a luz do farol?
Sombras que acalentam sonhos,
Bailam como borboletas de asas divinas
E um leve sorrir brota em belos traços,
Entre linhas doridas de teu rosto
Talvez alegria pela Flor,
A doce Flor da janela.
Ou, será que brincas de roda?
Flor, Cavaleiro...Cavaleiro, Flor
Quem sabe, tênue sorriso,
Seja companheiro do dedilhado
Que tuas mãos ofereçem ao alaúde.
Fitas com olhos reluzentes,
A Flor na janela.
A ciranda é Celta,
Tão antiga...
Mas a felicidade é renascida criança.
Não desperta agora,
Deixa teu espírito bailar na alegria.
Deixa o farol iluminar a Flor
Sândalo, delicado e mouro,
Perfuma o ar que respiras,
E a Flor, acariciada pela brisa,
Parece brincar 
Nas varandas do teu coração"



Khalit Sabanur
Ler Todo o Artigo... ►

Teus Pés e Eu



 







"Anda...
Caminha...
Teus pés conhecem 
Os desejos do teu coração
Deixe-os a serem guiados 
Pela força de teu espírito
Não te detenhas perante a colossal Montanha...
Escala-a sem medo
Mesmo de  tamanho descomunal
Ela se renderá aos teus grampos. 
Sentindo-te na imensidão enigmática do Deserto...
Infla-te de ânimo
Haverá um Oásis
Enche teu odre
Roga aos deuses, e prossegue
Diante do poder aterrador da Savana...
Não te intimides
A única fera, que te oferece real perigo
Pertence a tua própria raça
Respeita e segue teu caminho
Nenhum lugar é longe demais
Para o guerreiro 
Que busca o seu combate
Olha ao redor, não estás sozinho
Estou á esquerda...
Também á direita...
Estás para o Norte...e eu no teu Sul
Não temas tropeçar
Não te deixarei cair
Segue... 

Teus pés sabem aonde queres chegar
Para o teu destino te levaremos
Eu e teus pés
Teus pés e eu..."





Khalit sabanur
Ler Todo o Artigo... ►

24 fevereiro 2010

Green Day

.







 Wake Me Up When September Ends











.
Ler Todo o Artigo... ►

Em Fúria








"Tu Deserto

Me dizes

Que existem pegadas

Profundas e antigas pegadas

Marcando tuas areias

Qual Fênix

Que marca o céu com fogo

Ah Deserto!

Levanta-te em fúria

Varre de teu corpo

Marcas deixadas

Por tão profanos pés

Agora acalma-te

Não existem mais vestígios

Do que te fez impuro

Adormeça Deserto

Adormeça..."




Khalit Sabanur
Ler Todo o Artigo... ►

23 fevereiro 2010

Simplesmente...Mulher



"Khalit é alguém que se ama, que gosta do que vê no espelho, visceral em tudo que faz, que diz, e, principalmente, no que sente. Alguém que procura a intensidade, a alma. Nascida sob o signo de Thot, de Gêmeos, de Coelho, de Lamat. Alguém que admira o mar, que ama o mar, que morre de amor na beira do mar. Sou aquela que grita à plenos pulmões: Eu te amo!, sem pudores, sem conveniências. Sou a mulher que se entrega, que se reserva, odeio o rotineiro, o cotidiano, a mesmice, não sou comum nem mesmo normal, nunca serei. Minha bandeira?...Liberdade, Tolerância e Honra, a tríade da Paz. De onde eu venho?...do Deserto, para onde vou?...não sei. Sou poeta, fascinada pela mente humana, minhas mãos, estudam o braile do corpo amado, meus olhos dizem: Cheguei! Sou moleque, sou travêssa, faço dengo, salto de pára-quedas, cravo grampos em paredões de rocha, sou amazona e arqueira. Sou a tal que fala com firmeza, mas se permite tremer de prazer, sou mulher-menina, menina-mulher, sou o equilíbrio e a loucura. Tive e tenho os melhores mestres, Dalai Lama, Mohamed, Iesus, Gandhi, Cidarta Galtama. 
Observadora da noite e seus mistérios, a música me seduz, feliz o Trovador que me enfeitiçar, fará cativo o coração, possuirá o corpo e encantará a alma. Feminista?...Nunca!, fêmea sempre!...Defendo à quem amo com instintos de guerra; aos inimigos,a indiferença; ao digno oponente, o respeito. Sou árabe...sou do mundo. Sou apenas uma mulher, com estrias e celulites, TPMs e enxaquecas, mas com uma capacidade de amar, ilimitada e atemporal, à aquele que for o meu homem dou o melhor de mim, sem regras, sem convenções, não acredito em reservas no amor. Quero flores, chocolates, palavras doces, e as obscenas também, quero ouvir: Você é linda!, mas quero também o, È gostosa, mas é minha!. Sou demônio de mim, e anjo também, aliás, anjo com uma única asa, espremida em minha armadura, mas, continuo a busca pela outra, que também me procura. Sou muito, tudo, infinito. Sou a Bela, mas sei ser a Fera. Sou só uma mulher, frágil e forte, sacerdotisa e guerreira, pura e devassa, simplesmente...Mulher."
 
 

 
 




Khalit Sabanur
Ler Todo o Artigo... ►

Maksim Mrvica

.







 Somewhere In Time











.
Ler Todo o Artigo... ►

Quem Sabe, Um Dia...











Talvez um dia...
O homem cubra o mundo de beleza
Como faz a mãe Natureza
 
Talvez um dia...
O homem exercite a lealdade
Assim como o faz o cão

Talvez um dia...
O homem cuide do seu irmão
Como um elefante cuida dos seus entes
 
Talvez um dia...
O homem pratique a solidariedade
Como um golfinho com os náufragos
 
Talvez um dia...
O homem alivie a amargura alheia
Como o pássaro que canta nas árvores
 
Talvez um dia...
O homem sinta um carinho
Com a mesma sensibilidade de um gato

Talvez um dia...
O homem cubra o mundo de beleza
Como faz a mãe Natureza

Talvez um dia...
O homem aprenda com os animais...o que é ser... humano!



Khalit Sabanur
Ler Todo o Artigo... ►

Intermezzo











Dizem que sou perigosa
Que contraio meus sentimentos
Na dilação da vida...
Dizem que minha palavra
É lâmina afiada
Desembainhada...
Dizem que meu passo é largo
Que faz tremer
Quem não quer que eu vá...
Dizem que meu coração é pedra
Cofre gélido
Carcereiro de mim...
Dizem que minha pele é armadura
Forjada no aço caldaloso
E no fogo devorador...
Talvez seja essa a verdade
Talvez...
Sentimentos sejam sombras
A palavra seja medo
O passo seja o escudo
O coração cinzas
E a pele ...desilusão




Khalit Sabanur
Ler Todo o Artigo... ►

Alex Ubago

.







 No Te Rindas













.
Ler Todo o Artigo... ►

Ode à Palas Atena






 
-Palas Atena de Gustav Klimt-





"Régia armadura que envolve a carne
Peso de lutas seculares
Aderência que escarna a pele...
Ah! Palas Atena senhora minha
Deixa ao remanso o guerreiro
Dá-lhe a sabedoria da Paz...
Quebra-lhe o escudo
E faz afundar no mar
A lança e a espada
Que Teu Verbo aplaque a ira de Netuno
Tornando plácido o oceano dentro da alma...
Deusa do meu saber
Que Teus olhos sejam o meu farol
Que Tua Égide seja meu juiz
E que meus atos
Sejam a extensão das Tuas mãos...
Minerva, senhora de mim
Desanuvia o olhar daquele que te venera
Deixa-o ver em mim sua Ítaca...
Protetora eterna daquele que busca o saber
Faça-me justa e leal
Assim como Tu o és...
Se preciso for à fortuna do Teu general
Que eu seja Penélope
Desfazendo em tristes madrugadas
Malhas que o destino teceu
Na aurora do coração do guerreiro!"

 


Khalit Sabanur
Ler Todo o Artigo... ►

Neo - Deus, Neo - Sapiens














        Cada dia que passa, vejo que a raça humana, transforme-se em uma raça de vampiros, alimentando-se do sangue dos seus iguais, caminhando em uma marcha sanguinária,  formando um exército hediondo, hasteando por onde passa, a bandeira do poder, gritando Guerra! Morte! Sangue! Semeando a bestialidade. 
Nomeiam guerras como santas...”Guerras Santas”...Ou então dão-lhes nomes esperançosos, como “Liberdade”, e,  ofertam-nas ao "Deus" de suas convicções...E sob essa santidade, crianças são despedaçadas por mísseis assinados por outras crianças, como um presente. Crianças essas, que são jogadas em valas, algumas ainda com um sopro de vida em seus corpos dilacerados. Sob essa bandeira "divina" os capturados são humilhados; vencidos são execrados, torturados, sem que, nem ao menos, sejam respeitados, os tratados, convenções e direitos internacionais, de guerra e cidadania. É sob essa bandeira que mulheres são estupradas, tendo os seus corpos aviltados pela brutalidade, pela indignidade, e em sádico frenesi, são fotografadas, enquanto suas lágrimas correm dos seus rostos crispados pela dor e pela vergonha. Sob essa bandeira o justo é calado, por ter a humanidade, de ir em defesa da verdade;  sendo expulso da sua pátria, do seu lar,  pelos da sua própria etnia. É sob essa mesma bandeira, que são desfraldados a discriminação e o preconceito; a limpeza étnico-religiosa,  de forma dissimulada e hipócrita...
Torna-se então  primordial, observar a raça, a cor da pele, a religião, do que observar o que está no coração do homem? Pergunto-me se outrora um tal Adolf Hitler, cria nesse Deus...me parece que sim. Seria muita ironia de minha parte, pensar que a nomenclatura é mais relevante que a essência?
Pelo que percebo, na minha infinita ignorância, o substantivo que nomeia essa entidade divina é assaz importante, qual será a correta? Deus,  Allah,  Adonai,  Jeová,  Olorum,  ou,  impronunciável? Ai!  Que dilema ,  como dirigir-me  ao divino sem cometer a gafe de chamá-lo por um nome equivocado? Mas,  querem saber o que eu acho? Que esse Deus "tá nem aí" para como vamos chamá-lo, até porque, já o destituímos do cargo de divindade absoluta, e empossamos um Neo-deus, aliás, esse deus recém empossado, foi aluno de Hades, teve Ares como seu tutor, e traz consigo milênios e milênios de animalidade maquiavélica em seu portfólium. ..
E, sob a égide desse Neo-deus,  semeamos o ódio e o sentimento de vingança, ao invés do amor e esperança. Espalhamos dor e miséria, ao invés do bem e da fartura. Exterminamos a beleza e a simplicidade. Distorcemos a arte, a ciência, a cultura. Cuspimos na dignidade e honradez. Esmagamos a pureza e a inocência. Todo o colorido com o qual, o Universo nos favoreceu, cobre-se agora de uma única cor, a cor do sangue, sanque este que se espalha pela terra, marcando nossos passos, e fazendo apodrecer nossas almas. Só espero que esse belicoso Neo-deus, perdoe-me por ter uma família tão grande, repleta de muçulmanos, xintoístas, judeus, budistas, cristãos (alguns não tão ortodoxos). Que seja benevolente comigo, por ter uma gama quase infinita de etnias na minha árvore genealógica, brancos, negros, amarelos, ameríndios...
Que esse Deus  favoreça-me com a sua indulgência, por não odiar a raça humana,  por propagar a tolerância,  e não me alimentar de sangue!




Khalit Sabanur
Ler Todo o Artigo... ►

Rod Stewart

.






 Have You Ever Seen The Rain










.
Ler Todo o Artigo... ►

22 fevereiro 2010

Epitáfio








"Cada vez que o vento passar pelos teus cabelos...
Sinta-te gratificantemente, afagado pelo Universo

Cada vez que os raios de sol entrarem pela tua janela...
Oferece-te alegremente, ao calor da Natureza

Cada vez que teu cão lamber tuas mãos...
Felicita-te profundamente, pela amizade incondicional

Cada vez que vires uma alma à combater a dor...
Alia-te, amanhã poderá ser teu, igual combate

Cada vez que te alimentares fartamente...
Sinta-te rico, em um mundo que morre de fome á tua porta

Cada vez que lamentares o abandono do ser que amas...
Perceba-te humano, em meio à tantos que não aprenderam a amar

Cada vez que gritares ao vento "Eu te amo!"
Lembra-te, que o Amor é um arqueiro que tem por montaria, a Honra
 
E quando te atirarem pedras...
Ignora-as, tenhas a Sabedoria de não alimentar a Ignorância."

 
                               


                                        Assim vivi...e continuarei a viver.




Khalit Sabanur

Ler Todo o Artigo... ►

Taças De Mar









Em algum lugar há voce
Meu cheiro
Meu cálice negro
Escudo espartano que me serve de berço
Agonia de bandolins em noite de lua
Meu verso, minha obscenidade
Implosão que provoca minha carne
Arremessa meu ego...
Quero a oferenda de um Tango
E a dor de dentes cravados
Arranho a alma
Rio de mim
Mordo a rosa
E tudo isso por detrás da porta...
A distância me faz companhia
E grita...lacônicamente
Ouço cordas
Saboreio a mão que dedilha
Há seda e geografia
O Absynto escorre
Como riachos perdidos na minha pele
Desviando-se de pêlos e marcas
Minhas tatuagens dançam
Bailam frenéticas
Tenho tranças
Por detrás de olhos cerrados...
Derramo o Deserto em taças
A música tem nome
Tem forma
Tem cor
As almofadas riem
E a brisa te traz pela janela aberta
Um sorriso de trova me enfeitiça
Deixo-me afogar...
Respiro o mar.



                                           ...ao Trovador de Yá...





Khalit Sabanur
Ler Todo o Artigo... ►

Piotr Iwanicki & Dorota Janowska

.







Dance Show












.
Ler Todo o Artigo... ►

Borboletas e Tempestades








Mantenhas tuas mãos sempre abertas,
mas ligeiramente convexas
para ofereçer a sensação
de um berço maternal.
O Amor precisa sentir segurança...

Deves fechar as mãos em concha,
se houver chuva e ventos fortes
firme, mas suavemente
demonstrando cuidado.
O Amor pede proteção...

Quando outros, vierem apreciar tal beleza
espalma mais ainda tuas mãos
para que todos vejam
a beleza que te pertence.
O Amor  alimenta-se  de liberdade...

No momento que a bela criação, ensaiar o bater de asas
ajuda-a com tuas próprias mãos
dá-lhe o impulso necessário
se conquistastes o seu amor, ela retornará.
O Amor não sobrevive sem ...confiança.






Khalit Sabanur
Ler Todo o Artigo... ►

Até Breve!









"Ah tempo!
Fizeste-me distante
Aprendendo, aprendendo...
E agora sou só varandas
Janelas sem flores
Aguardando o meu Guerreiro
Acendendo o farol
Que não reconhece 

A tocha que o faz Fênix.
Aonde se perdeu o amor?
E o até breve?
Por quantas vezes é breve?
Por quantas vezes 

Será pronunciado?
Por quantas vezes 

Será chorado?
Ainda espero por ti...
Que o amor me perdoe
Mas foi escolha
Minha vida pela tua
Reencontro haverá.
Optei ser coadjuvante
Ser e estar siamesa
Para manter o pilar.
Anjo caído...
Que busca sua asa
Arrancada 

Durante a batalha.
Ah Tempo!
Escolhi amar
De corpo e alma
Do corpo...à alma."





Khalit Sabanur
Ler Todo o Artigo... ►

Bond

.







 Shine













.
Ler Todo o Artigo... ►

Entrega









Quero muito tocar você...
Sentir você
Cheirar você
Beijar você.

Te olhar  fundo nos olhos
Dar amor à você
Receber amor de você
Fazer amor com você.
 
Enxergar tua alma
Sussurrar no teu ouvido
Segurar tua mão
Ser sombra no sol de verão.

Secar tuas lágrimas
Acalentar teu sofrer
Amenizar tua dor
Ser no frio o teu cobertor.

Relembrar o Passado
Enfeitar o Presente
Sonhar o Futuro

Ter ciúme de você
Viver por você
Construir com você
Crescer em você

Ser no teu parágrafo
Pleonasmo
Hipérbole
E redundância

Quero também
Filosofar
Tagarelar
E te encantar

Te lambuzar de sorvete
Deixar minha boca se divertir
E nesse suave frenesi
Sentir teu olhar a me despir

Me encaixar em voce p'rá dormir.
Te beijar pensando em não dormir
Sentir tua entrega não querendo mais dormir
Me entregar sem pensar em dormir

Te dar meu lado criança
Invadir o teu lado animal
Te amar...Te amar...Te amar
Até minha alma se saciar

Gemer p'rá te enlouquecer
Te ver explodir p'ro meu prazer
E dizer “Eu te amo!”
...antes de te sentir desfalecer.




 

Khalit Sabanur
Ler Todo o Artigo... ►

Véu de Ébano









Saliva de pele Morena
 
Cheiro sabor ébano
 
Visão de África 


Geografia de continente...


P'rá se perder
 
Dolência de seda...


P'rá me encontrar
 
É ciência tateando a pele...


Sentindo a carne
 
Ah...é tormenta que me atormenta!
 
Tempestade que me lança em costas
 
Faço-me vela em mastro de puro Cedro
 
Olhos fechados...visão do mundo
 
É caminho...ponte
 
Sou navegante


Náufraga na tua boca
 
Sândalo da tua narina
 
Seiva p'rá tua língua!










Khalit Sabanur
Ler Todo o Artigo... ►

Coração Tigresa











"Venha como pássaro

Suave, manso.

Arranha minha alma

Como um grande gato.

Sai de ti

Deixa eu entrar.

Vasculhar o olhar

E revirar o corpo.

Deixa cada gesto meu

Ser a tua morte.

E cada movimento da minha língua

A tua ...Fênix"





Khalit Sabanur
Ler Todo o Artigo... ►

Vanessa Mae

.




(Foto Michael Gandy)




Fantasy On a Theme From Caravans











.
Ler Todo o Artigo... ►

Meu Norte, Minha Loucura




 






          Ás vezes, acho que sou mesmo, uma louca, fico sonhando, divagando, imaginando, o meu amor, o meu sonho. Em uma época em que transar é confundido com amar, eu me permito,sonhar...
Sonho com alguém que me faça esperar ansiosa a noite chegar, alguém que me faça esvaziar o guarda-roupa, achando que nada vai me deixar bonita o suficiente para ele; alguém que me leve à volta e meia olhar a caixa de e-mails, só para ver se há mensagens dele. Alguém que faça com que eu, atropele meus horários, para ir ao cabelereiro, manicure, pedicure, massagista...e também comprar uma roupa nova. Tudo por ele.
Um alguém que me faça deitar no sofá e olhar para o teto como em estado de letargia, e nem perceber que estou atrasadíssima para o trabalho, aquela pessoa especial, que vai fazer com que eu fique o dia inteiro ouvindo música, e por isso, não vou prestar atenção na campainha, no telefone, no timer do forno avisando que o assado está pronto, e que,  fatalmente vai queimar...
Quero o alguém que vai me fazer fuçar os livros de receitas, só para agradá-lo mais ainda, e mesmo que tenha ficado horrível, vai dizer: ”Meu amor, que delícia!”. Esse alguém vai me fazer andar de mãos dadas, como adolescente, e também vai me fazer tricotar que nem a vovó, um lindo suéter.
Quero que ele me faça tremer, só de lembrar do seu beijo, faça meu corpo vibrar cada vez que sentir seu cheiro. Alguém que me leve pra dançar, e que se deixe seduzir pela minha dança, alguém que morda os lábios quando quiser fazer amor comigo, mas estivermos em público. Ele tem que me fazer sentir ciúme, naturalmente, só por ser meu amor. Que eu possa chegar próximo ao seu ouvido e sussurrar: "Em casa nós conversaremos!". Alguém que, por sua vez, siga os meus movimentos com os olhos, com medo de me perder, e que também morra de ciúmes, daquele velho amigo dos tempos da faculdade. Alguém que diga com orgulho: ”Essa mulher é minha!”
Quero alguém que precise do meu colo, e o procure, sem machismo; que deite-se nele e chore como criança magoada, sentindo-se seguro e protegido em meus braços. Quero um alguém que eu possa ligar pra perguntar: "Já almoçou?"..."Levou o suéter?..."Voce está bem?"...ou então só para dizer...”Eu te amo!”.
Quero alguém que me diga o que fazer como se fosse meu patrão, e eu de um jeito engraçado responda: "Sim Senhor!", momento finalizado com uma bela gargalhada de ambas as partes...Que ele, queira ser seduzido pelas minhas pernas, minha boca, meus seios...enfim, pelo meu amor; que consiga perceber em mim a fêmea, e que durante aquela briguinha de casal, ele perceba que eu quero ser jogada na cama e calada com um beijo, e em seguida, faça minha voz ser ouvida, em forma de gemidos. Alguém que saiba se despir somente para mim, para os meus olhos, para o  meu desejo e de mais ninguém.
Alguém que eu possa sempre incentivar à buscar mais, à ser o profissional do ano...Alguém que ligue insistentemente para o meu celular, em meio ao caos do trânsito para dizer... que está morrendo de saudade. Alguém que entre em casa como um “louco varrido”, e me pegue no colo, alguém que me faça surpresas, e que me deixe surpreendê-lo também...
Alguém para somar alegrias e dividir tristezas. Alguém que admire minha inteligência e que me deixe incentivá-lo à aprender. Alguém para dormir em conchinha, bem agarradinho, cuidar das suas febres, das suas dores, dos seus desencantos. Alguém que brinque comigo que nem criança; alguém que ao me ver sair do mar, me chame de sereia, porque eu, ao vê-lo suado e sem camisa, com certeza vou chamá-lo de gostoso. Alguém que me deixe sentar na arquibancada para assisti-lo jogar o futebol de domingo e que não me diga: ”Isso é coisa para homem!”. Que ele queira a minha presença...sempre. Quero alguém que só de pensar na possibilidade de me perder, entre em pânico, quero que ele sim, me faça perder a cabeça, cometer loucuras, alguém que viaje comigo do amor terno e sensual, ao sexo selvagem...enfim, quero acordar pela manhã e sentir, que ao meu lado, não há desencanto ou solidão...
O que existe, é o olhar radiante de uma mulher, por ter encontrado...o seu Amor.


È...eu não "estou" louca...eu "sou" irremediavelmente louca!!!

 




Khalit Sabanur
Ler Todo o Artigo... ►