Em Qual Idioma?

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Pesquisar...

.

26 março 2010

Tesouro de Mulher

 



 






    Hoje, ao cair da tarde,  estava eu entregue aos jornais e revistas,  quando dei de  cara  com  uma  matéria, na qual, uma feminista  daquelas de carteirinha,  sabe?   Com bico de  infezada, cara de mal amada  e  aquele  meigo  jeitinho de T-Rex...
Pois é... a criatura,  baixava  o cacetete  ( se preferir cacete, tudo bem, também prefiro ) nos  homens  impiedosamente;  na  fotografia dela, tive  a  nítida visão de  labaredas saindo dos olhos,  tal o arraigado ódio pelos homens, só faltou declarar a  3ª  Grande Guerra,  tendo de um lado Homens  e do outro  Mulheres, e  o interessante,  é que,  respondendo ao entrevistador, ela disse nunca  ter  se casado, assim  como  não tinha  filhos...Tirei  os olhos do texto, e fiquei  olhando  para o teto... pensando... compreensível  tanto ódio,  mas,  qual homem  mereceria  um  Megassauro  daquele?   Imagina  uma  mulher  em  uma TPM daquelas violentas, enlouquecedoras,  elevada à nona potência... Imaginou?   Pois é o  que parecia  aquela  criatura  raivosa,  e não há  cacetete  ( nesse caso,  nem cacete )  que dê jeito  em tanto ódio.  Eu,  que  nos dias de TPM,  fico chorona, dengosa,  carente,  me acho insuportável,  imagina esse raivoso Megassauro, acima citado...coitado do Homem,  dá pena só de imaginar o pobre descacetado  ( nessa altura,  já capado pela fera ).  Para esse homem,  deveria  ser  permitida  a  Eutanásia...
  E no  continuar do  meu pensamento,  imaginei  a dita guerra,  sugerida  nas  entrelinhas   do  hediondo  discurso  feminista,  fiquei arrepiada  (e não foi de tesão) visualizando  um  mundo  sem  Homens, voltei  à  realidade  assustada,  e  corri  procurando um  pau,  digo madeira,  para "isolar",  como  fazia  minha  avó,  com  o  famoso  "pé-de-pato, mangalô, 3 vezes"...
Um  mundo sem homens seria o inferno na terra...eu sei,  eu sei, tem homem que é canalha, safado, cretino, sujo, sem caráter (algumas mulheres também o são), mas não me referi aos homenzinhos (aqueles que se acham machões),  me referi aos Homens,  aqueles com  agá e todo  o  resto  maiúsculo  ( tá,  ás vezes o  resto não é tão maiúsculo assim, mas...abafa o caso ), esses são indispensáveis, se, O Todo Poderoso  arquitetou algo  melhor que o Homem,  para a Mulher, das duas uma, ou Ele escondeu p'rá dar como brinde na outra vida, ou destruiu o projeto ( vixe!...deu  medo, só de pensar! ).
    O Homem  é obra  divina, tudo de bom,  eu adoro  Homem, e nem adianta  essa  cara de escandalizado tipo,  " que horror! "   ( hipocrisia faz mal à saúde,  tá? )...digo e repito "EU - A - DO - RO - HO - MEM", Homem  foi  feito na  medida para a Mulher  ( até o Diabo criar a  feminista,  aí ferrou tudo...), e que performance maravilhosa!  Aerodinâmica elegante, motor potente,  câmbio anatômico,  totalmente  reclinável e vai de zero à mil em pouquíssimos  segundos, o combustível  é  caro  ( Mulher com  M também maiúsculo ) mas já vem com todos os aditivos  e acessórios  necessários, e o encaixe  então? (uiiiii!) ...Simplemente perfeito!!!
    Homem  é  uma benção  da  Natureza,  o braço forte,  nos  ampara para evitar  o  tombo e os desvãos da vida, o  peito  largo (coisa mais linda!),  nos  aninha  para  o choro, tem a proporção certa para recostar nossas cabeças, quando carentes ou desiludidas; o abraço  nos  acalenta depois  do gozo, as mãos nos afagam  ou  nos protegem dos  homenzinhos (aqueles  metidos à machões),  a boca nos sorri,  o sorriso que ilumina nossas  dias nublados  ( isso sem  falar na covinha...ai, passei mal, agora), os olhos, nos  fazem tremer,  desejando  e  despindo.  Como é gostoso,  a porta do carro se abrir, e vermos aquela mão estendida esperando pela nossa,  ou,  a cadeira sendo puxada  para acomodar nosso corpo,  sem falar na noite  surpresa  em  lençóis de seda,  regado ao champagne,  ou a rosa colocada no travesseiro, enquanto ele prepara  o café da manhã...
    Qual  a  Mulher, é  louca, desvairada (ou mentirosa), ao ponto de dizer não  gostar  disso (eu disse  Mulher...T-Rex não conta!)?  Eu não saberia viver sem o Homem,  me sentiria um pedaço,  talvez até,  um pedaço de nada,  adoro a voz  rouca  no meu ouvido,  falando chamegos e indecências (afff...perdi a concentração), gosto muito  daquela  pegada , a famosa " vem cá meu bem ",  e  eu claro,   finjo não gostar, propositalmente, p'rá provocá-lo...é bom até, esboçar aquela briguinha boba, só  p'rá deixar ele zangado, e ele zangado é uma loucura (essa guerra vale a pena!). No fim, a cama recebe aos dois... amantes e amados (e que se lasquem as feministas mal amadas,  morram de inveja! ).
    Definitivamente!!!...Deus gosta  muito  de  nós mulheres,  nos  deu para amar, e sermos amadas, o ser exato...o maior presente para a Mulher, o Homem, deliciosamente perfeito  nas  suas imperfeições.  O único  adendo  dessa  maravilhosa criação, é que,  eles não se  mostram  na sua  plenitude  às mulherzinhas,  só se entregam e se revelam, nos braços de uma...Mulher!  


 


Khalit Sabanur

1 Comentários:

mara*

Neste angu não meto a colher!...rs...

Obrigada pelo apoio e carinho. Devagar vou me ajustando à nova realidade. É preciso. Beijos.

Postar um comentário