Em Qual Idioma?

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Pesquisar...

.

28 abril 2010

Livre de Ti, Dono de Mim











Cai a noite que te traz
Em sonho de brumas
Qual mágico tapete
Das noites do Oriente
E meu coração floresce
Tal vistoso girassol
Em prados de luz solar
Em min'alma teu futuro
Que anseia ser remanso
Teu remanso...
Tua hora de amar...
Alma que se faz teus sonhos
Tua busca tão antiga
Tua espera tão eterna
E entre cânticos e sussurros
Quem te clama por amor
Tem nos olhos
Ondas de areias
De longinquas dunas
E te prepara víveres
Dos quais tens fome
E te oferta...
Em lauto banquete...
Pacifica teu corpo
Acalenta teu sofrer
Ilumina teu sorriso
Banha teus olhos
Com o frescor da esperança
Te leva à rendição...
Faz de ti amado...
E em dueto divino
Escrito é
O pergaminho do tempo
O que d'antes foi busca
É hoje meu colo que te abraça
Te entrego tua herança
Como corsário
Em terras banhadas de mar
É tua a arca buscada
E dentro dela
Tesouros sem fim
Amor, honra...
Sorrisos e paz...
És o mais rico dos homens
És livre de ti
És dono de mim!




Khalit Sabanur

1 Comentários:

Cristiana Fonseca

SuBlime poema.
Blísssima imagens que se casam com tuas belas palavras.
Obrigada pelo carinho.
Beijos,
Cris

Postar um comentário