Em Qual Idioma?

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Pesquisar...

.

17 abril 2010

Sussurros De Outono




 






Quem vem, em noite de outono?
Qual raio de sol em meio a neblina
Descortinando antiga beleza
Revelando ricos mistérios
Pondo-se diante Esfinge
Tal Édipo pronto e curioso...

Que sonhos, carrega linda alma?
Andou ela em vale de sombras
Esperançosa como a própria liberdade
Em oculto Tártaro doloroso
Buscando outra tão gêmea
Renascida em berço de areias...

Quantos desejos, navega em suas veias?
O que lhe faz tremer a carne
Toca-lhe prima a etérea forma
Como ancestral beijo tatuado
Na sina invisível do ser
Como d'antes seduzido e amado...

Quando gritará, perdido coração?
Clamando o que a ele pertence
Por auroras e poentes
Apartado foi da eterna loucura
Que em encanto o traduz
E em volúpia o inebria...

Sonhastes, desejastes, gritastes
O que fizestes em doce desvario?
Agora...
Meu nome é teu sussurro
Meu corpo teu remanso
E meu amor...O teu destino




Khalit Sabanur

1 Comentários:

ELEONORA

"Meu nome é teu sussurro
Meu corpo teu remanso
E meu amor...O teu destino"

Amei, querida irmã.

Postar um comentário