Em Qual Idioma?

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Pesquisar...

.

10 maio 2010

Alma de Órion










"Segue adiante
Cansada e ansiosa alma
Em eloquente fome de ser
Grita calada beirando abismos...
São insanos teus gestos
Em medida lucidez
Singra em areias movediças
Qual serpentear de víbora
Desnuda tua face do hijab
Marca teu passo
Sobre imponentes dunas...
Entrega ao Sirocco teu vazio
Deixa que ao lar
Tal vento te conduza
Despe as amarras torturantes
Sê livre além do tempo
Canta com teu olhar...
Descansa em Órion tua sina
Derrama com teus versos
Ao Leão sombra e frescor
Faz-te embalar pelo derbak
Na eterna dança do amor..."







Khalit Sabanur

3 Comentários:

mara*

nas pontas dos pés toda a poesia, nos passos a doce e cálida esperança...

ELEONORA

Khalit
Minha alma sempre fica em estado de perplexidade quando passo por aqui. Seus poemas são belos, fortes e apaixonantes como você, minha irmã querida.

Beijos com carinho e gratidão

O Árabe

Belo e sinuoso... como o vento no deserto. :) Boa semana!

Postar um comentário