Em Qual Idioma?

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Pesquisar...

.

23 julho 2011

Entrecaminhos





Chuva que escorre
Entre olhares vazios
Descalços pés calejados
Dentre poças de angústias
Clamando calor 
De adormecido sol
Todavia 
Só a Lua te abraça
Com cálido silêncio
No luzir prateado...

E tua alma despenca
Do alto inalcançável de ti
Em mergulho sinuoso
Eternamente abandonado
A ciranda do tempo
Alimenta o torpor
De transparentes paredes
Onde jazem teus quadros
Emoldurados laconicamente
Por reluzentes serpentes...

A música ao fundo
É de passos antigos
Ecoando espartanamente
Por galerias esquecidas
Oriundos de sonhadas paisagens
Quimera real
Palpável devaneio
E o círculo infindável
Se impõe veloz
Fazendo-te avançar
Por veredas infindas
Que entrecortam... o teu coração.



Khalit Sabanur

1 Comentários:

O Árabe

Belamente abstrato... e doridamente real. Boa semana, fica bem.

Postar um comentário