Em Qual Idioma?

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Pesquisar...

.

02 agosto 2011

Herança...











   São várias as indignidades praticadas por esse Brasil afora, mas, é revoltante a situação da Educação no nosso país. A classe dos educadores é tratada como "NADA" pelos nossos governantes.
Ontem, em uma conversa com amigos, ouvi o seguinte comentário, "A classe dos Professores , é tratada pelo governo, como um burro faminto puxando um container abarrotado"...raciocinei a respeito, e achei apropriadíssima a colocação, realmente, assim são tratados os professores pelo governo, ou seja, levando-se em consideração o fato de que é impossível ao burro (Professor) faminto (Salário de fome), deslocar um container abarrotado (Educação), este, torna-se então motivo de risos perante aqueles que divertem-se com o infortúnio do animal.
E trazendo essa figura metafórica para a nossa realidade, assim o é; estes senhores e senhoras engravatados que dizem-se administradores do Estado, por detrás das suas mesas ou confortavelmente recostados em poltronas de jatinhos (com suas contas bancárias abastadas pelo dinheiro do POVO), divertem-se com o esforço sobre-humano dos professores pela sobrevivência da Educação e deles próprios, educadores.
Será que estes engravatados, não têm noção do que é educar? 
Educar demanda tempo, dedicação, aprimoramento, abnegação; muitas vezes, professores têm que abrir mão do lazer, dos afazeres domésticos, da vida pessoal, da família, em prol do planejamento e exercício de aulas...e, por acaso, pensam estes senhores que, planejar uma aula é como fazer uma lista de compras?
Educar é um caminho íngreme, tortuoso, estafante.
O mínimo que esta classe deveria receber - seja oriundo das acima citadas  mesas de carvalho ou poltronas de jatinhos - é RESPEITO!
Mas ao que parece-me, a palavra RESPEITO não é presente no dicionário usado (?) pelo Sr. SÉRGIO CABRAL e asseclas (impossível esquecer a alcunha de "vândalos" dada por este senhor, aos Bombeiros), mas embora profundamente indignada,  compreendo a exclusão da referida palavra do "Aurélio" destes senhores, vejamos...

RESPEITO, 

abre caminho para Salário digno...

Salário digno, 

abre caminho para Professor produtivo...

Professor produtivo, 

abre caminho para Educação de qualidade...

Educação de qualidade, 

abre caminho para Povo culto...

Povo culto, 

abre caminho para Consciência da Cidadania...

e finalmente...

Consciência da Cidadania 

abre caminho para a NÃO REELEIÇÃO do LIXO POLÌTICO!!

Fica então, óbvio o porque das coisas.

E o óbvio faz emergir em minha mente uma pergunta...

"Que herança deixarei para meu filho?"

Não sou professora, não fui tocada por esse sopro divino, mas, tive mestres inesquecíveis que fizeram-me ter o conhecimento de que, a ORDEM e PROGRESSO que constrói  uma verdadeira NAÇÃO tem como berço a EDUCAÇÃO, sem esta, não há dignidade, saúde, segurança, crescimento...
E só há um meio de darmos término ao "Pão e Circo"; levantarmo-nos do "Berço Esplêndido" e expurgarmos a CORJA POLÍTICA VAMPIRESCA - que suja e suga os nossos direitos -, apoiando aos professores nesta luta justa e dando o devido e necessário valor à EDUCAÇÃO!

É essa postura que deixo como herança para meu filho...

E voce?...O que deixará de herança para os seus?












Khalit Sabanur

Ler Todo o Artigo... ►